08/01/2011

Tampão mucoso e o mecônio

Dra. Betina Bittar

O tampão pode ser transparente e grosso como um catarro, pode vir acompanhado de estrias de sangue vivo ou de sangue escuro (coagulado), neste caso fica com um tom marrom. A descida do tampão corresponde ao aproximar-se do início do trabalho de parto, embora possa sair muitos dias antes do início do mesmo ou acontecer quando o trabalho de parto já se encontra em fase ativa.


Secreção esverdeada que sai pela vagina de uma gestante de termo é meconio, que ainda não é indicação de cesariana, muito embora saibamos que o trabalho de parto de uma gestante com mecônio precisa ser acompanhado com mais atenção. As chances de um bebê apresentar desacelerações cardíacas compatíveis com sofrimento fetal são maiores num trabalho de parto com mecônio, pois o fato de ter mecônio significa que a vida dentro do útero está começando a ficar comprometida, a alimentação e oxigenação fetal já estão prejudicads de alguma forma.Entretanto, mesmo assim, na maioria das vezes, o bebê pode suportar um trabalho de parto.
 
Existem diferentes intensidades de mecônio que classificamos em cruzes (de 1 a 4 cruzes): quando há muito mecônio são 4 cruzes, que também chamamos de "papa de ervilhas". Nesse caso, o líquido fica muito grosso e verde forte, de cor clara ou mais escura, dependendo da coloração do mecônio de cada bebê. O mais importante é obsevar a espessura do líquido, por isso o denominamos mecônio fluido ou mecônio espesso. O segundo é mais problemático, pois significa que o bebê eliminou maior quantidade de fezes e isto ocorre porque ele está passando por uma dificuldade maior dentro do útero. Além disso, se o mecônio espesso for aspirado pelo bebê no momento do nascimento pode levá-lo a adquirir uma pneumonia química. Na presença de mecônio espesso aspiramos o bebê assim que a cabeça sai pela vagina, antes mesmo do corpo sair e antes dele chorar. Entretanto, é frequente, durante o trabalho de parto, que apareça mecônio e o bebê nasce bem.

3 comentários:

  1. Bom dia!
    Gostaria de saber se mesmo a bolsa não estando rompida pode existir a presença do meconio no trabalho de parto.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. O mecônio só será visualizado depois que a bolsa se romper. Pode ser que haja mecônio antes da bolsa se romper, porém não será diagnosticado. O melhor método para saber se o bebê está bem durante o trabalho de parto de risco habitual é a ausculta intermitente dos batimentos cardíacos do bebê. Romper a bolsa precocemente só para avaliar se tem mecônio não é recomendado, pois a bolsa das águas protege a cabeça do bebê, amortecendo a pressão das contrações e protege mãe e bebê do risco de infecções (que aumentam com o tempo prolongado de bolsa rota).
      Dra. Andrea Azevedo
      Ginecologista - Obstetra - Homeopata
      www.prenatalnatural.blogspot.com.br

      Excluir
  2. Olá, gostaria de saber se perder o tampão mucoso na 30a semana pode ser sinal de um parto prematuro.

    No meu caso não tenho dilatação até o momento, mas estou um pouco preocupada. FUi ao PS e o médico diagnosticou como se fosse corrimento (isso tenho certeza que nao eh). Minha preocupação é de indicar a possibilidade de parto prematuro e não estar em repouso ou tomando remedios para segurar o bebe.

    ResponderExcluir